Tag: Canadá

Copa do Mundo 2026: saiba tudo sobre a próxima edição – 10/12/2022 – Esporte

Após a desclassificação do Brasil nas quartas de final da Copa do Mundo do Qatar, a procura por informações sobre a próxima edição do torneio, realizada daqui quatro anos, começa a subir. Veja tudo o que se sabe até o momento sobre a Copa do Mundo de 2026.

Quando será a próxima Copa do Mundo?

A edição seguinte será realizada entre 8 de junho e 3 de julho de 2026, e volta a ser disputada no meio do ano, durante o verão do hemisfério norte.

Onde será sediada a próxima Copa?

Os anfitriões serão Estados Unidos, México e Canadá. As cidades-sede, nos EUA, são Atlanta, Boston, Dallas, Filadélfia, Houston, Kansas City, Los Angeles, Miami, Nova York, São Francisco e Seattle. No México, serão a capital Cidade do México, Guadalajara e Monterrey. No Canadá, Toronto e Vancouver receberão partidas.

Quando será a final da Copa de 2026?

A grande final será realizada no dia 3 de julho de 2026.

Neymar jogará a próxima Copa?

Após a eliminação para a Croácia, nas quartas de finais, Neymar disse que não fecha portas à seleção, mas não garante seu retorno na próxima edição.

Em outubro de 2021, o jogador, em entrevista para o documentário “Neymar Jr & The Line of Kings”, disse acreditar que a Copa no Qatar seria sua última. “Encaro como a última porque não sei se terei mais condições, de cabeça, de aguentar mais futebol”.

Na próxima edição, em 2026, o atacante terá 34 anos. Considerando os exemplos de Messi e Cristiano Ronaldo, que disputam o torneio aos 35 e 37 anos, respectivamente, é possível que Neymar participe da próxima edição.

Quanto custam os ingressos para a Copa do Mundo?

Os preços e regras para 2026 ainda não foram divulgados. Como referência, antes do início do torneio, o ingresso individual mais barato para assistir a um jogo da Copa no Qatar (atrás do gol em uma partida da fase de grupos) custava R$ 372. Os individuais mais caros saíram por R$ 1.191 (laterais de campo).

Nesta edição, cada pessoa pode comprar até seis ingressos para uma mesma partida. Também é possível comprar pacotes, que saem mais caro. Os preços sobem gradualmente conforme as fases da competição.

Como comprar ingressos para a Copa do Mundo de 2026?

A compra de ingressos é feita diretamente no site da Fifa.

Quantos participantes terá a Copa de 2026?

A próxima edição será a Copa com o maior número de participantes: serão 48 seleções disputando o título. O formato atual conta com 32 equipes. A ampliação foi aprovada pela Fifa em janeiro de 2017, por unanimidade, fruto de articulações de Gianni Infantino, presidente da entidade máxima do futebol.

Inicialmente, Infantino defendia a Copa com 40 times, porém decidiu inchar ainda mais o torneio, agradando mais aliados e com a perspectiva de maior arrecadação. Ele foi eleito em fevereiro de 2016 numa votação apertada, com o discurso de moralizar e limpar a Fifa, manchada por escândalos de corrupção de gestões anteriores, especialmente do ex-presidente Joseph Blatter.

A entidade ainda não decidiu como formatar a disputa com 16 equipes a mais.

link

Bélgica joga mal, mas bate o Canadá na Copa do Mundo

Em um confronto fraco tecnicamente, a Bélgica se aproveitou de um lance fortuito para conquistar a vitória sobre o Canadá, por 1 a 0, na estreia do Grupo F da Copa do Mundo do Qatar, nesta quarta-feira (23).

Sempre apontada como uma das candidatas ao título, a Bélgica demonstrou que não está no mesmo padrão dos últimos Mundiais – no último, em 2018, na Rússia, eliminou o Brasil nas quartas de final.

Já o Canadá, em sua segunda participação em Copas —a primeira foi na Espanha, em 1986—, demonstrou muita vontade e um bom sistema defensivo. No entanto, o ataque é fraco e chegou ao quarto jogo em Mundiais sem somar ponto.

Em um primeiro tempo fraco tecnicamente, o Canadá logo de cara partiu para cima, surpreendendo o rival e assumindo o controle do jogo. No entanto, assim que os jogadores chegavam à área belga, não sabiam o que fazer com a bola e acabavam chutando para fora ou perdendo a posse para a defesa.

A primeira grande chance de abrir o placar surgiu logo aos 11 minutos, quando chute de Buchanan da entrada da área foi bloqueado pela mão de Carrasco. Após consulta ao VAR (árbitro de vídeo), o juiz Janny Sikazwe, da Zâmbia, marcou o pênalti.

No entanto, o goleiro Courtois salvou sua equipe ao defender a cobrança de Davies, que foi muito mal executada.

Quando se esperava que a Bélgica reagiria após a defesa de Courtois, isso não aconteceu. O Canadá continuou dominando as ações e chegando várias vezes seguidas à área rival. Mas, como antes, sem êxito nas finalizações.

A Bélgica, por outro lado, pouco conseguia ameaçar o goleiro Borjan. Principalmente porque não pôde contar com o artilheiro Romelo Lukaku, machucado. Os experientes Kevin De Bruyne e Eden Hazard foram muito bem marcados e pouco conseguiram criar situações de perigo.

Esse cenário durou até que o zagueiro Alderweireld deu um chutão de sua área e encontrou Batshuayi entre os zagueiros canadenses. O atacante deixou a bola quicar e chutou de canhota no canto esquerdo do goleiro rival para abrir o placar, aos 44 minutos.

O segundo tempo seguiu o mesmo roteiro do primeiro. Os belgas até conseguiram sair mais para o jogo, após fazer substituições, mas os dois ataques permaneceram sem conseguir furar o bloqueio defensivo. Quando a barreira inicial era superada, os chutes, quase invariavelmente, iam para fora.

Prova disso é que o Canadá fez 21 finalizações no jogo, sendo apenas três na direção do gol —um deles, o pênalti. A Bélgica chutou nove vezes, três no rumo certo.

Na próxima rodada, no domingo (27), a Bélgica enfrentará o Marrocos, às 10h (de Brasília). Às 13h, o Canadá vai encarar a Croácia.

link