Categoria: Craques da Gazetinha

Futebol infantil: quando o bom exemplo começa nos pais VEJA O VÍDEO

O site Português DN Life publicou uma reportagem sobre o comportamento de pais de atletas. As cenas e a abordagem estão chamando atenção e vale de alerta para as categorias de base do futebol.

A reportagem informa que no fim de semana, quando se jogava a segunda rodada da 1ª Liga Portuguesa de Futebol, foi abordada a história de pais que, durante a semana, levam os filhos aos treinos. Ao sábado e ao domingo correm para encher as arquibancadas e ver os meninos (miúdos) nos jogos de futebol das categorias.

Muitos fazem por amor ao time e ao esporte, mas muitos pais levam a paixão longe demais: gritam, esbracejam, protestam, reclamam, dão maus exemplos para quem joga e para quem assiste.

Neste vídeo é apresentado três protagonistas – um pai, um árbitro e um treinador – que contam as suas histórias deste filme que se repete em quase todos os finais de semana.

VEJA A REPORTAGEM EM VÍDEO

 

A Desportiva Ferroviária foi campeã da Copa A Gazetinha de 1977

Um ano depois de ser criada a competição, a equipe da Desportiva Ferroviária foi a campeão da segunda edição da Copa A Gazetinha em 1977. O time da Desportiva Ferroviária conquistou o título de forma “invicta”. Não era para menos. E equipe era formada por uma verdadeira seleção de jogadores de muita qualidade técnica.

No grupo se destacavam Eurico Batalha, Neném Goltara, Wallace, Jacimar. A equipe era forma também com Zezinho, Carlinhos (goleiro), Jorginho, Fernando, Rômulo, Neemias e Jomar. Alguns atletas se destacaram no futebol capixaba, brasileiro e mundial.

A Copa A Gazetinha de Futebol Infanto-Juvenil foi criada pelo jornalista José Antônio Nunes do Couto, o “JANC”, em 1976, com uma promoção do Suplemento Infantil A Gazetinha, do Jornal A Gazeta. Hoje, o jornalista confessa não ter imaginado que, ao criar a Copa A Gazetinha, estava inventando uma competição que iria mudar a história do muitas crianças e jovens do Estado e do Brasil.

“A Copa A Gazetinha, seguramente, dá esperança de um futebol mais digno e possibilita um futuro promissor a milhares de crianças e adolescentes”, disse Janc, organizador e idealizador do evento.

Vale ressaltar que ao longo dos mais de 40 anos de realização da competição, jogadores do porte de Geovani Silva (Vasco e Desportiva), Carlos Germano (Vasco), Sávio (Flamengo e Real Madrid), Jussiê (Cruzeiro e Bordeaux), Cícero (hoje Grêmio), e Maxwell (PSG, Ajax e Barcelona), foram descobertos pelos campinhos por onde competição foi realizada.

 

Formação da equipe da Desportiva Ferroviária campeã da Copa A Gazetinha em 1977

Kieza, do Caxias para o mundo

Welker Marçal Almeida, o Kieza, no início da década de 80, começou jogando a Copa A Gazetinha pelo Caxias. Era uma das principais peças do ataque da equipe e já naquela época fazia muitos gols. No futebol profissional, Kieza teve a sua primeira chance na Desportiva Capixaba.

Em 2008 ele se destacou na Copa Espírito Santo e começara

A carteirinha de Kieza quando jogava a Copa A Gazetinha

m a aparecer clubes interessados em seu futebol e a Desportiva negociou a sua transferência para o Americano de Campos.

Em Campos ele foi logo se destacando, sendo a principal peça do Americano na Copa do Brasil de 2009, marcando três gols no jogo contra o Santa Cruz, em Recife, e com o placar final de 4 x 2, os campistas eliminaram a equipe recifense.

Na fase seguinte marcou um gol na partida contra o Botafogo, no Engenhão, e com o placar final foi de 2 a 1 para o time da casa, levou a decisão da vaga para os pênaltis, já que o Americano vencera o primeiro jogo pelo mesmo placar. Na disputa de pênaltis, o time de Campos venceu por 5 a 4, eliminando os botafoguenses.

Os gols e o bom desempenho de Kieza estimulou o Fluminense a contratá-lo. Teve uma boa presença no tricolor carioca e partir daí só atuou em grandes clubes, inclusive no exterior, tendo jogado no futebol chinês.

 

 

A FICHA

Nome: Welker Marçal Almeida

Data de Nascimento: 24 de setembro de 1986, em Vitória (ES)

Clube atual: Botafogo (RJ)

Alguns clubes por onde passou

Copa A Gazetinha: Caxias

Desportiva Capixaba : 2003, 2006 e 2007

Americano: 2008/2009

Fluminense: 2009

Cruzeiro: 2010

Ponte Preta: 2010

Náutico: 2011

Emirados Árabes:2012

Náutico: 2013

ShamghaiShenxio (China)

2018: Botafogo (RJ)