Em clima melancólico, seleção brasileira deixa o hotel em Doha – 10/12/2022 – Esporte

Alguns funcionários do hotel, cerca de 60 profissionais de imprensa, nenhum torcedor. Nem o sol deu as caras. A temperatura estava na casa dos 21°. Ventava um pouco.

Em um cenário bem diferente da recepção calorosa que teve quando chegou no Qatar, a seleção brasileira deixou o Westin Doha Hotel & SPA na manhã deste sábado (10) em um clima melancólico após a queda nas quartas de final da Copa do Mundo, com a derrota nos pênaltis diante da Croácia, na sexta-feira (9).

As 11h30 no horário de Doha (5h30 de Brasília), o ônibus com a delegação brasileira deixou o hotel em direção ao aeroporto.


Nem todos os atletas estavam com o grupo. A CBF (Confederação Brasileira de Brasil) não divulgou os nomes, mas alguns deixaram o Qatar já na madrugada, em voos particulares, entre eles Vinicius Junior, Alisson, Alex Sandro, Bruno Guimarães, Éder Militão, Gabriel Martinelli.

O voo fretado com os brasileiros tem descolagem prevista para as 12h50 no horário local e uma escala prevista em Londres, na Inglaterra, onde alguns atletas devem desembarcar.

link

Start a Conversation

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *