E foi criada a Copa A Gazetinha!

O Torneio de Futebol de Praia Infanto-Juvenil, no Aterro da Condusa, onde hoje é a Praça dos Namorados, em Vitória, foi um grande sucesso. E, por sugestão dos próprios participantes, o jornalista José Antônio Nunes do Couto (Janc) sentiu-se motivado a montar outra competição.

Mas não de futebol de areia e, sim, de futebol de campo, como sugerido pelos dirigentes das agremiações. Como Janc era um dos responsáveis pela edição do suplemento infantil A Gazetinha, ele decidiu homenagear a publicação, dando o nome de Copa A Gazetinha ao torneio.

A primeira Copa A Gazetinha de futebol de campo foi aberta festivamente na manhã de céu azul do dia 8 de maio de 1976, com as 43 equipes inscritas desfilando no Estádio Engenheiro Araripe.

No dia 15 de maio de 1976, a Coordenação Geral da Copa A Gazetinha teve uma reunião com os representantes das equipes inscritas na 1ª Copa A Gazetinha. A reunião foi na antiga sede da Rede Gazeta, na General Osório.

Campeão da Primeira Copa A Gazetinha

O campeão da Primeira Copa A Gazetinha foi o Barcelona, do bairro cariaciquense de Campo Grande, e foi desta equipe que surgiu Walace, o primeiro craque a ser revelado pela competição.

Logo após a sua criação, o projeto da Copa A Gazetinha chamou a atenção do então governador Eurico Rezende, que fez questão de homenagear atletas, dirigentes e a coordenação da competição.

Primeiro, o governador recebeu a Copa A Gazetinha no Palácio Anchieta e, posteriormente, promoveu uma mini-torneio na casa de praia do Governo do Estado, em Vila Velha, com distribuição de material esportivo e muitos sanduíches e refrigerantes para os pequenos atletas.

Jogadores da Copa A Gazetinha homenageados pelo então governador do Espírito Santo, Eurico Rezende

 

Start a Conversation

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *