‘Vão dar o título para a Argentina’, Pepe – 10/12/2022 – Esporte

Após a derrota por 1 a 0 para Marrocos, o zagueiro luso-português Pepe criticou a arbitragem e disse que há um suposto favorecimento à Argentina na Copa do Mundo.

“De 8 ou 9 árbitros que tivemos aqui hoje no jogo, 5 são argentinos. Posso estar muito errado, mas tenho muita experiência disso. Posso dizer que eles vão dar o título para a Argentina.”

“Na primeira parte, foram uma vez e fizeram um gol. Todas as jogadas que nós queríamos, eles paravam a jogada e o árbitro não molestava os jogadores do Marrocos. Segunda parte foi mais do mesmo. Vieram para perder tempo. Muitas faltinhas, o árbitro não dá amarelo.”

“Tenho que dizer isso. É inadmissível um árbitro argentino apitar nosso jogo, depois do que Messi falou ontem [sexta]”, acrescentou.

Após a vitória da Argentina sobre a Holanda, o camisa 10 alviceleste pediu à Fifa que reveja a escalação do árbitro da partida, o espanhol Antonio Mateu Lahoz, para a continuação da Copa. “Muita raiva, porque, como eu disse, não era para acabar assim [o jogo]. A Fifa tem que rever isso, não pode colocar um árbitro assim para um jogo assim.”

Sobre a partida, o zagueiro afirmou que Portugal esteve “sempre por cima” e que sofreu um gol inesperado. “Estamos tristes. Tínhamos qualidade para ganhar o campeonato do mundo.”

O meia Bruno Fernandes seguiu na mesma toada sobre a arbitragem. “Queriam que Portugal saísse neste momento, queriam. É muito estranho nós estarmos a ter um árbitro que ainda tem a sua seleção em competição [Argentina] e não termos árbitros portugueses na competição.”

“É minimamente estranho, porque temos árbitros que apitam Liga dos Campeões. Se têm qualidade e nível para estar na Liga dos Campeões, também têm qualidade e nível para estar aqui”, acrescentou.

“E estes árbitros [da partida] não apitam Liga dos Campeões, não estão habituados a este tipo de jogo. E claramente inclinando o campo, até porque na primeira parte existe um pênalti claro em cima de mim, sem dúvida alguma.”

Já o técnico português, Fernando Santos, fez apenas comentários sobre a partida em si. Ele disse que os jogadores trabalharam muito, mas que não conseguiram explorar “tudo aquilo que a gente queria fazer”.

link

Start a Conversation

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *